MANOBRAS NO PORTO 2012

Posted by on Jun 30, 2012 in Uncategorized | No Comments

Manobras no Porto é um desafio à cidade do Porto para que se encontre e experimente no seu Centro Histórico. São 2 anos – 2011 e 2012 – a convocar movimento, vida e acção, a apelar a gentes e ideias, a criar um aqui e agora que envolve os rostos e os corpos da cidade, a produzir e a evidenciar conhecimento e sentimento, a construir futuros na cidade. Que narrativas sonham todos os portuenses? Como questionam o presente, reinventam o passado e constroem novos futuros?

Em cada ano, as Manobras lançam-se à Faina desde a Primavera até ao Outono. Convocamos o Sr. José Mendes e o vizinho dele. A tia deste. O Teatro Nacional e a Associação Recreativa. O Centro de Dia e a Universidade… para acções de criação e alteração positiva do quotidiano do Centro Histórico do Porto.

No final de Setembro, as Manobras celebram o trabalho feito em dias de programação intensa, que mostram e experimentam uma cidade inquieta e fértil nas suas diferenças. Debates, oficinas, intervenções de rua, concertos, movimentos concertados, objectos insólitos, etc. etc. etc. são a expressão visível de uma alteração que queremos mais profunda e perene no modo de viver a cidade, a partir do seu Centro Histórico.

Em 2012, os dias intensos de Manobras vão de 28 de Setembro a 7 de Outubro.

Descarregar dossier de imprensa aqui.

 

Manobras no Porto abre-se à participação da cidade em dois movimentos:
• Uma Convocatória de Envolvimento, que se concretiza no contacto directo com parceiros e agentes-chave, no sentido de programar acções de maior fôlego ou exemplares destas Manobras (ver programação).
• Uma Convocatória Aberta que abre estas Manobras à participação de todos, em linhas de acção que se entrosam na restante programação e se manifestam em conjunto, nos dias de programação intensiva no final de Setembro (ver Convocatória Aberta).

 

ENQUADRAMENTO INSTITUCIONAL

Manobras no Porto é o movimento lançado pela plataforma Porto 2.0. Trata-se de um processo que resulta de uma candidatura submetida pela Porto Lazer, EEM, na categoria “Grandes Eventos”, e enquadrada no ON2, programa operacional promovido pela CCDR-N e apoiado pelo QREN. A CCDR-N reconheceu o mérito invulgar desta candidatura, avaliando-a com a pontuação mais alta do concurso que disputou (4.7 pontos em 5), validando portanto a pertinência do seu objecto bem como o alcance da sua ambição. Foi, assim, possível mobilizar um investimento global de aproximadamente 2 milhões de Euros, participado em 85% pelo FEDER e comparticipado pela Câmara Municipal do Porto, através da Porto Lazer, EEM em 15%. Esta oportunidade surgiu no âmbito do esforço público em curso para criar e consolidar, na região Norte de Portugal, um cluster de indústrias criativas contributivo para o desenvolvimento económico nacional.